Category Archives: Meu Textos

Ah, leaim! Nesse texto tem bolo!

Não faz muito tempo que me peguei pensando em porque você recebe os parabéns ao fazer aniversário. Não é nenhum grande feito, não é uma glória você ter nascido no maldito dia em que você nasceu. Não conseguia entender de forma alguma o porquê de ser congratulado por isso.

Talvez meus pais devessem, afinal o fato de estar completando X anos de vida é justificado pelo fato deles terem tido uma relação sexual que resultasse em mim. Mas acho que isso  o corpo de ambos recompensa com um pouco de dopamina, adrenalina e endorfina ao fim de tudo.
Celebrar um ano a menos que você se aproxima do fim me soava como algo patético e trágico, até que me veio a descarga mental!

O que é parabenizado na  verdade é o fato de você ter sobrevivido até esta idade! Por exemplo, o feliz aniversário dado pela sua avó poderia ser substituído por um “Parabéns por não ter morrido e ter alcançado a marca de 22 anos!”

Então parabéns à todos que estão vivos e lendo esse texto, ele é especialmente escrito para vocês.

Anúncios

Perda

O momento que eu paro pra pensar na vida e fazer um balanço de como tudo anda é antes de dormir. Mas nessa madrugada o sentimento resultante dos pensamentos me tiraram da cama e me impulsaram a escrever.

Não quero dar uma de Capitão Planeta nem de Super Homem. Muito menos martelar mais do que já martelaram esse assunto, não mexi um dedo pra ajudar, não compartilhei nada no Facebook, não usei hashtag, apenas me reservei ao direito de não atrapalhar. Entretanto acho que esse incidente de Santa Maria mexeu um pouco comigo de alguma maneira.

Me peguei pensando em como estariam os pais ou a namorada do menino que morreu lá na boate. Assisti a entrevista com eles hoje no jornal do meio dia, complicado. Ele tinha ido no banheiro segundos antes de começar o incêndio, a namorada se salvou, ele não.

Não quero relatar as centenas de histórias de gente que partiu esse fim de semana que passou, esse não é o ponto.
Já imaginaram a diferença que você faz? Já pensou no modo que toca ou já tocou o coração das pessoas e o vazio que pode deixar? Otimistas maquiam a dor tentando convencer de que ela não dura pra sempre.

Mas sabe, tive apenas uma perda significativa até hoje, uma que ainda me fez encher os olhos de lágrimas ao escrever isso, meu avô. Por mais que a lembrança não seja constante, sempre tem os momentos em que ela vem e a dor ainda aperta. E só de pensar em passar por isso de novo, me bate do desespero.

Esses dias falei ou ouvi a frase “ninguém é insubstituível”, mas pense bem, você vai achar alguns que são.
bigode

Meus desejos de que a dor alivie rápido, pessoal de Santa Maria.

Prefira Pepsi

Esse texto é para quem ri quando não pode; para quem cria caso e implica com os outros. Para quem não está satisfeito com nada, pra ti que vê um pterodátilo te sobrevoando sempre que a sombra de uma nuvem gigante passa correndo por baixo de você. Para os que pensam, não correm e preferem Pepsi. Para quem já dormiu chorando. Para quem não dormiu por chorar. Para quem duvida; para quem já acreditou no que não devia ou em quem não devia. Esse texto é para ler descalço enquanto caminha em uma estrada de pedras pequenas e lisas que fazem massagem nos pés. Para afrouxar a gravata vermelha, prendê-la na testa de modo que a língua fique para trás e gritar “HADOUKEN!” na frente do espelho.

Esse texto é para quem está louco, para loucos e para os que fingem ser. Os que assim são julgados por não seguirem a massa. Não é errado, só não é prudente. Quantas vezes já ouvimos isso? Quantas vezes ainda vão nos cobrar isso? Quantos nãos têm que ouvir para viver em um mundo que herdamos com regras prontas e que devemos seguir sem muito questionamento? Quanto respeito e gratidão deve-se ter por alguém que não os faz valer, apenas cobra em troca de um sexo sem cuidado feito nove meses atrás unicamente para satisfação própria, que esse tempo depois acarretou em você? É, você. O acidente sexual mais bem quisto agora da sua casa. (não falo aqui de gravidez planejada – o que é raro – e de mães vacas que cogitam abortar e (ou) abandonam o filho pós-parto)

“Todo mundo ta errado. Só tu que ta certo.” E POR QUE NÃO? Por que tanta gente se acomoda com tudo que não gosta, não precisamos fazer o mesmo. Não precisamos achar que está tudo certo porque foi sempre assim.

Esse texto é só para sugerir que você ria mais quando falam que você não pode rir; que crie caso e implique com os outros, não se convença facilmente. Para sempre que a sombra de uma nuvem passar correndo pelos seus pés, você rapidamente olhar pro céu e pensar “MEU DEUS! UM PTERODÁTILO!” Para você pensar mais, correr menos e preferir Pespsi.

Porque Acredito Que Deus Não Existe

Deus. Para mim Deus é um personagem educacional como o “velho do saco” e do “Papai Noel” em uma proporção extraordinária. Veja bem, quando criança nos é dito que caso a gente não coma toda a comida, não estude, não tome banho ou escove os dentes a gente será levado pelo velho do saco. E se tudo que citei anteriormente for feito, o Papai Noel no fim do ano nos dará presente. Ambos os personagens são fictícios cujo intuito principal é fazer com que as crianças andem na linha.

Deus pra mim não passa disso, um personagem criado para motivar e incentivar as pessoas para que sigam o que nós como sociedade apontamos como certo. Só que as regras deles valem para adultos também!

Ele só não lhe sugere o caminho à seguir, como “dá o exemplo de como fazer”  ele é todo bondozo. O bonzão. E tem bilhões de advogados muito bons espalhados pelo mundo todo que defendem ele muito bem quando ele supostamente faz besteira.

 

Todo mundo na vida você se deparou com uma situação muito ruim  e alguém disse: “Reza que Deus ajuda.” Daí não deu certo e você não se deu bem.

Aí que entra os advogados Dele: “Ele faz isso para nos tornar pessoas melhores. Ele está nos ensinando a conviver com a perda. Foi uma fatalidade, sua família toda morreu no incêndio porque chegou a hora, Ele não pode fazer nada.”

 

Não podia fazer nada?

 

Agora eu queria citar o primeiro “super poder” de Deus, onisciência.

O cara sabe de tudo, mano. Sabe que você não tomou banho segunda-feira porque tava frio, que sua família irá morrer e como vai morrer, sabe que você faz coco e dedica pelo menos 5 segundos para a apreciação da obra.
O segundo “super poder” nos conta que ele está presente em todos os lugares: Onipresença!

É Ele tava contigo no banheiro na hora do coco, e em outras horas no banheiro também então eu acho importante tu cuidar bem o que faz lá.

 

E agora o último e mais interessante dos poderes: onipotência. Ele pode tudo, TUDO! – Inclusive poderia ter salvado sua família morta no incêndio que eu citei anteriormente. Mandar uma chuvinha, sei lá! – Ah, mas isso é departamento de São Pedro!

Com todos esses poderes ele tem apenas uma regra:

NÃO COMA A PORRA DA MAÇÃ NO MEU PARAÍSO, MANO!

Não interferir no livre arbítrio das pessoas. Mas ou menos como o Gênio do Alladin, não pode forçar ninguém à nada: PODERES CÓSMICOS FENOMENAIS!!!!!! Dentro de uma lâmpadazinha! (veja)

São argumentos fortes justifica e fazer com que você não arranque o olho do seu vizinho com uma chave inglesa, porque além da justiça dos homens que provavelmente lhe tirará o direito de andar com outras pessoas em sociedade, você amargará a eternidade no inferno sob o comando do tinhoso.

 

Tinhoso, capeta, o cão, belzebu, satã, diabo. Esse o total oposto de Deus, representa toda a maldade, e é um ex-anjo que servia ele e se rebelou e que agora guarda todos os que foram malvados em vida no centro da terra, contrariando tudo que nos é ensinado em geografia.

 

Mas se você for bom… Ah, rapaz! Se você for bom…

UMA VIDA DE ETERNA FELICIDADE TE AGUARDA! O que é mais atraente do que a promessa de felicidade eterna?

Afinal não é o que costumamos buscar nossa vida inteira?

Me vê a conta aí!

Não queria ser beatificado postumamente, muito menos que meus erros fossem esquecidos.  Queria que todos tentassem lembrar aquela decepção que causei, do choro que volta e meia retorna no dia que você não tinha absolutamente nada para fazer e resolveu pensar em mim.
Já botei o pé para cair, já mastiguei seu coração, já te menti, ou simplesmente marquei e não fui. Não importa, mas não esqueça.

Mas com tudo isso vasculhe naquelas coisas que eu te disse se nada faz sentido realmente, se eu sou um completo errado e pese se o sugerido vale ser tentado ou deve ir embora comigo.  Lembre do porque a gente esteve junto. Foi bastante tempo? Você gostou do nosso convívio?
Agora sua mente será meu SAC, e lá você pode reclamar e elogiar todos os meus serviços.
Eu te fiz sorrir alguma vez? Alguma vez você só sorriu por me ver? Dividimos idéias, formamos novos pensamentos com nosso tempo e acreditamos em coisas que só fazem sentido pra gente.

Até porque se pensarmos em tudo o que temos deve fazer sentido só para gente em um mundo desses.
Sete dias, dos quais com sorte você trabalha 5 para folgar 2. Cada dia desses é formado por 24 horas, das quais no mínimo 8h são de trabalho. Lhe restam 16h, que se você tem um sono saudável vão diminuir para 10h. Este foi um cálculo besta e otimista em relação ao seu emprego e tempo gasto. Ah, rapaz… O ano tem 12 meses, você trabalha 11 deles e ganha umzinho para fazer o que quiser da sua vida.


Desculpe ter estragado tudo no final de novo, falha nossa!

Vivemos pouquíssimo tempo em relação à esfera de fogo resfriada que nós habitamos, ou em relação as tartarugas.
Ah, as tartarugas. Nunca vi nenhuma de terno, ou tendo reuniões. Pouco se importam que amanhã é domingo, porque elas não trabalham na segunda. Não recebem pagamentos, nunca assistiram o final de LOST, e nem notaram o dólar subiu. Seria esse o segredo da longevidade?
Não, provavelmente. Nunca vi meu cachorro lendo o jornal também.

Parque de NÃO diversão

Uma professora minha disse uma vez que sou muito radical. Mas calma, isso foi em relação a pensamentos, quem me conhece na intimidade sabe que a coisa mais radical que já fiz na vida foi andar em uma daquelas xícaras giratórias de parque de diversão. Momento no qual eu desejava a cada segundo que um homem-bomba aparecesse e acabasse logo com tudo aquilo!

Enquanto minha namorada parecia sentir isso:

Eu sentia isso:

Não entendo bem esse conceito de diversão que as pessoas que freqüentam esse tipo de parque tem, mas com toda certeza não é parecido com o meu. Entrei naquele “brinquedo” (está entre aspas pois não considero aquilo um brinquedo e sim um teste de resistência) por insistência da minha namorada, e ao descer eu abri um sorriso e um riso nervoso e aliviado. Ela com toda manha que tem, virou-se: “Viu, tu ta até rindo! Tu gostou!”
Fui obrigado a contrariar a minha pequena, pois NÃO! Eu odiei cada milésimo de segundo que estive dentro daquela joça e sim, eu ri e sorri, mas de alívio por estar vivo e pisando em algo que não girava a sei lá quantos RPM.

 

“Parque de diversão” deveria se chamar “parque da emoção”, “parque da tortura” ou “parque sobreviva se for capaz”. Não é divertido achar que vai morrer.
E olha que quem está falando isso é um sujeito que já teve um revolver apontado na cara.

Falem bem ou falem mal, não sejam falsos

Algo que acho que já postei aqui e que realmente me fascina sãos as conexões existentes entre as pessoas. Como sabemos, ou muitos de nós deveríamos saber o ser humano essencialmente é ruim.
Talvez o fato de muitos não admitirem isso ou tentarem camuflar com os clássicos clichês: “não julgue”, “não sinta inveja”, “pensa, mas não fala” me incomode tanto. É chato, é pregação de moral com cueca e é falso.
Claro que na medida do possível devemos tratar bem as pessoas que não dão motivos aparentes para o contrário e ainda mais as que se mostrarem dignas disso.  Por mais que todos achem que andar de ônibus é algo terrível (não vou dizer que não é, também acho um saco muitas vezes), acho que tem algo ali que deve ser observado com atenção. A maneira que todos, naquele momento, estão compartilhando o mesmo ambiente por motivos iguais ou diferentes.

O senhor com aquela sacola de plástico trançado que é muito mais resistente que as dos mercadinhos, carrega um pão de forma, um jornal de 75 centavos e uma caixa de leite.  E essa pode, ou não ser a refeição dele durante dois ou mais dias. Ele aperta as alças da sacola entre as pernas, forçando a cabeça contra o vidro tentando aparentemente ignorar a conversa de duas senhoras dois bancos atrás.

No banco diretamente em suas costas uma garota posta uma foto dele no Twitter pelo iPhone, ela trabalhou 2 vezes na vida. Foi demitida por incompetência e avoamento, deméritos unicamente dela. Não comprou o aparelho com o seu  dinheiro, foi sua mãe.
Mentira, nem sua mãe pagou com o dinheiro dela propriamente dito, e sim com o do seu pai. Advogado formado. Cresceu na vida passando a perna em quem concordava em ajuda-lo ou não.

“Aquele Juarez não merece ganhar o prêmio do Big Brother, ele é falso. Tá jogando!” Comenta o motivo 1 com o motivo 2 do primeiro senhor descrito estar apertando a cabeça contra o vidro do ônibus.

É natural do ser humano julgar, talvez por isso Reality Show esteja no topo da preferência nacional. E é bem prova disso este texto comigo aqui fazendo o mesmo com essa gente toda.
Pensar e não falar não te faz mais educado, engana a parede to teu quarto só.